Chopper & Hot Rod

O forte da Breaknecks é a marca. Os cooptados pelo estilo não conseguem escapar. Misto de Califórnia (USA) com pegadas londrinas (England), onde o dono, Ricardo Faria, passou seis longos anos, o calor –ou frio– californiano prevaleceu. Shapes de skate, geladeira de época, caveiras e cruz páteas releem a cultura daquele Estado, que inspirou o movimento Beat e toda uma geração.

P1070216

Um banco de madeira –bastante disputado– e cactos à entrada da loja acentuam o clima lenhador / motoqueiro. As roupas têm um fio condutor que desembocam em estilo próprio, de uma classe. Jaquetas, camisas, botas, capacetes de moto, cintos, gorrinhos, carteiras descoladas e uma série de itens compõem o mix de produtos embalado por trilha sonora pertinente e stencils na decoração. “70% da produção é nossa”, diz Ricardo.

IMG_0599

Ricardo Faria

O ritmo do design das coleções é de Vinicius, cuja parceria com Ricardo vem de longe. “Tudo o que ele gostava em Londres vinha da Califórnia, então, começaram as pesquisas”, explica, lembrando que os consumidores tornam-se fãs em longo prazo. “Não temos marca consagrada, fazemos tudo, inclusive o merchandising. Costumo dizer que nosso carro-chefe é o conceito.”

Pelo visto, este conceito californiano, underground e agressivo –com influência da cultura latina– deu certo na metrópole, já que a segunda unidade da marca, na Vila Olímpia, completa um ano agora em julho com gás total. Ricardo dá a fórmula: “Trabalho, muito trabalho!”

www.breaknecks.com.br

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s