Luz apagada

O designer britânico Tom Green –Thomas para os íntimos– viu na ‘sampa’ dos anos 90 um ótimo lugar para morar: Vila Madalena. Suas luminárias Solar, com formato cilíndrico e bolhas coloridas, conquistaram a cidade. Na fase industrial, chegou a fabricar para a Tok Stok e Luminária. Agora, para tristeza geral, Green fecha as portas da loja e planeja mudar-se para o sul da França.

p1080065

“Escolhi a Vila porque vi, a exemplo de outros bairros em capitais europeias, qualidade de vida e potencial criativo”, explica Green. “Mas o cenário mudou drasticamente nos últimos 17 anos”, diz, ressaltando a fragilidade que se tornou o comércio de rua frente a eventos recentes como a Copa, o Carnaval e a especulação imobiliária.

p1080066

Green e a também designer Norma Kikuti, que dia 5 de dezembro oficializam a união de 14 anos, tiveram a casa e loja depredadas durante o Carnaval 2015. Em vez de esmorecer, o inglês arregaçou as mangas e engendrou-se no ativismo em prol do bairro (é membro da SOSsego[Cades] e outras organizações que defendem a Vila).

p1080071

“Estou desiludido com a política exclusivista e políticos corruptos que desestimulam qualquer possibilidade de crescimento saudável”, afirma. No topo de reclamações que o levaram à desistência está o Plano Diretor Urbano que permite tudo o que ele lutou para evitar no bairro: adensamento, verticalização, poluição sonora e orgânica.

p1080072

“Até 2012, tínhamos forte esperança quanto às implementações necessárias porque trabalhávamos com o ex-vereador Nabil Bounduky (atual secretário de Cultura e morador do bairro). Mas, como sempre acontece quando o poder sobe à cabeça, ele não só nos deixou na mão como está aprovando medidas contrárias aos interesses da comunidade.”

p1080083

Tom Green e Norma Kikuti, os mentores da Solar, loja que vai trocar a Vila Madalena pelo sul da França

Green e Norma puseram o imóvel à venda e estão na expectativa do casamento, antes da mudança definitiva. “Serão nossas Bodas de Marfim. Um material sólido, muito difícil de quebrar”, filosofa Green.

Todas as peças estão em liquidação.

Solar: Rua Inácio Pereira da Rocha, 172

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s